blog_img1

1º Fórum Pan-Africano Inter-Geracional & FESTYETO

Sob o Lema:

´´Pan-Africanismo no século XXI: A nossa saúde, os nossos direitos, o nosso futuro´´

Sob o lema “Pan-Africanismo no século XXI: A nossa saúde, os nossos direitos, o nosso futuro”, a Coligação da Juventude dos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (CJP), Iniciativa para Jovens Líderes Africanos (Yali Angola),  Comunidade da Juventude do Banco Mundial (Youth Transforming Africa), Art sem Letra e a Rede de Mediatecas de Angola realizam dois grandes eventos, nomeadamente, o 1˚ FÓRUM PAN-AFRICANO INTER-GERACIONAL (26 de Maio) e o FESTYETO (Feira cultural Somos todos África), 27 de Maio.

PRINCIPAIS OBJECTIVOS DO FÓRUM

I.         Promover a paz e a solidariedade entre os países africanos;

II.       Promover a cooperação internacional, respeitando a Carta das Nações Unidas e a Declaração Universal dos Direitos Humanos;

III.      Conectar a Ciência e a Tecnologia aos cidadãos Angolanos;

IV.      Identificar, promover e/ou destacar o Pan Africanismo nos Angolanos;

V.        Exibir a nível nacional e internacional as principais soluções culturais produzidas em Angola;

VI.      Promover a inclusão de mais mulheres na vida pública;

VII.    Influenciar a melhoraria das políticas que regulam a cultura em Angola;

VIII.   Conectar as Academias às Indústrias e vice-versa;

IX.      Influenciar o surgimento e promover os centros e laboratórios de pesquisas /testes existentes em Angola;

X.        Desafiar e encontrar os melhores modelos educacionais a serem implementados no ensino em Angola com base a ideologia africana ;

XI.      Maior Inclusão e igualdade de oportunidade às Mulheres em diversas arias do saber;

XII.     Fornecer uma plataforma para que os jovens, no contexto do COVID-19, dialoguem com os Estados-Membros e outros actores sobre ações concretas para reconstruir e recuperar melhor a nível nacional, regional e global;

XIII.   Identificar oportunidades específicas para os jovens contribuírem para a revisão intergovernamental da implementação da Agenda 2030 e dos ODS no HLPF a agenda 2063, em parceria com governos, o sistema das Nações Unidas, União Africana, Comunidade dos Países de Língua Portuguesa e a sociedade civil para garantir a implementação;

XIV.   Melhorar o diálogo inter-geracional e a interação com os formuladores de políticas para ampliar as vozes dos jovens nas políticas e nos processos de tomada de decisão.

O primeiro Fórum Pan Africano conta com o apoio do GOETHE-INSTITUT ANGOLA, Fundo das Nações Unidas para a População em Angola, Ministério da Juventude e Desporto, VIS- Angola, Projecto “O Futuro nas Nossas Mãos”, União Europeia Angola, African Rising e Embaixada da República Popular da China em Angola;

PRINCIPAIS OBJECTIVOS DO FESTYETO (FEIRA CULTURAL SOMOS TODOS ÁFRICA)

Iº Promover a cultura africana;

IIº Mostrar com empoderamento a cultura africana através da sua gastronomia, IIIº musica, dança, obras de arte, obras literárias, teatro, recital de poesia e muito mais;

IVº Proporcionar vivências interdisciplinares com a diversidade cultural;

Vº Valorizar a História de África;

Promover a diversidade Histórica e Cultural de África;

JUSTIFICAÇÃO PARA REALIZAÇÃO

É sustentado por estas bases jurídico-políticas, 25 de Maio, o Dia da Libertação Africana, a maior ascensão dos Africanos, uma mobilização anual, atraindo milhares de participantes e criando solidariedade global sobre um tema particular. O Dia da Libertação Africana é uma comemoração anual da fundação da Organização da Unidade Africana (OUA) a 25 de Maio de 1963 e visa promover a unidade e a solidariedade entre os povos e estados africanos.

 

 

PERÍODO DE EXECUÇÃO

 

FÓRUM PAN AFRICANO INTER GERACIONAL _ 26 de Maio

FESTYETO: 27 DE MAIO

Hora: 9h às 17h

Local: Mediateca Zédu

.